Você está em Ajuda > Sala de aula

Filosofia na sala de aula

    (01/Jun) Verdades subjetivas.
 
Quando o professor entra em sala de aula ele carrega todo um aparato de verdadess, conceitos, teorias e assim por diante. Todo o conteúdo que o denuncia como pessoa está diante da turma para quem leciona, mas nem todo conteúdo pode ou deve participar do ser professor. Digo isto por causa das verdades subjetivas que cada um carrega consigo, alguns mais do que outros. Estas verdades subjetivas são aquelas que denunciam um juízo antes mesmo do fato. Um exemplo que tenho é o que mais encontro como professor. A citação é assim: "Aluno que não presta atenção não aprende!" Interessante, mas quanto o professor fala em prestar atenção ele está falando em que? Eta falando num aluno que fica olhando para o professor durante todo o tempo de exposição do conteúdo? Não acredito que isto seja necessariamente atenção, muitas vezes esta é justamente a maneira como o aluno e destrai. Este é um simples exemplo de tantos outros pré-julgamentos que alguns professores usam durante o ser professor. Não é verdade que todos os pré-juízos são ruins, pelo contrário, alguns deles são aqueles que mantém o professor como bom profissiona. Para deixar claro posso colocar o exemplo: "Professor bom é professor preparado". Se um professor pensa assim, ficaria feliz em tê-lo como professor para mim e minha comunidade. Alguns professores devem começar um processo de desintoxicação, abrir o olhos e perceber que nem todas as verdades do professor estão corretas, ser professor não faz dele mais certo do que ser aluno.

Responsável - Rosemiro A. Sefstrom
     

 
 
Como referenciar: "Verdades subjetivas." em Só Filosofia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2019. Consultado em 22/09/2019 às 19:42. Disponível na Internet em http://www.filosofia.com.br/vi_sala.php?id=40