• Biografias: conheça a história de vida dos filósofos mais famosos de todos os tempos.

  • Leia resenhas sobre diversos livros que abordam temas relacionados à Filosofia.

  • Assista a vídeos que abordam temas relacionados à Filosofia.

Seja bem-vindo ao Só Filosofia!

...o site sobre Filosofia que mais cresce no Brasil. Aqui você encontrará inúmeras páginas com conteúdos, biblioteca virtual, rádio, televisão, artigos, curiosidades, exercícios, livros para download e muito mais.
Uma foto de um evento, de um filósofo, de algo relacionado à Filosofia e sua explicação.
Veja imagens de Filosofia selecionadas por nossa equipe e suas descrições.
Selecionamos algumas charges interessantes publicadas na Internet.
Diversas curiosidades da Filosofia em geral e de alguns filósofos.
Entrevistas com diversos filósofos sobre temas interessantes da Filosofia.
Um abrangente dicionário explicando os termos mais conhecidos da Filosofia.
(23/Set) Rádio Filosofia - Giovanni Reale
(21/Set) Chegou às livrarias - Filosofias do Suicídio
(21/Set) Charge da semana - Ireneusz Parzyszek
(20/Set) Rádio Filosofia - Jean-Luc Nancy
(20/Set) Frase de um filósofo leitor - Janio da Silva de Araujo
(16/Set) Rádio Filosofia - Walter Benjamin
(15/Set) Rádio Filosofia - Norberto Bobbio
(15/Set) Charge da semana - Hani Abbas
Perdeu alguma novidade? Clique aqui.
Congruência - Adequação. Em geometria, a Congruência é a coincidência das figuras por sobreposição ao mesmo plano.

Corrupção - Segundo Aristóteles, constitui, juntamente com o seu oposto, a geração, a atualidade de uma das quatro espécies de movimento, mais especialmente do movimento substancial, em virtude do qual a substância se gera ou se destrói. A corrupção, diz Aristóteles, é uma mudança que vai de algo ao não ser desse algo; é absoluta quando vai da substância ao não ser da substância, específica quando vai para a especificação oposta.
Para ver outras palavras, clique aqui.
Gilles Lipovetsky. Nasceu no dia 24 de setembro de 1944. Obra principal: A Era do Vazio. Pensamento: As grandes instituições coletivas perderam o sentido. A sociedade está se tornando neoindividualista e narcisista, mas também tolerante, hedonista, permissiva, liberal e humorada. Vivemos na hipermodernidade acompanhada do hiperindividualismo. Não existem mais sistemas alternativos e o mercado já impôs suas leis na sociedade. As novas tecnologias invadiram e modificaram os conceitos de cultura. A imagem se converteu em um ícone.