Você está em Ajuda > Sala de aula

Filosofia na sala de aula

    (26/Nov) Provão de filosofia.
 
Aqui não creio que seja adequado falar em certo ou errado, mas em recomendável e não recomendável. A filosofia por natureza não é um conhecimento exato e de um único ponto de vista, não estou afirmando que os outros sejam. Durante todo o ano o professor de filosofia pode ter utilizado a avaliação escrita dissertativa como forma de avaliação, mas ele não considerará a cópia ou memorização a melhor resposta, pois cda um pode ir além do texto. Na avaliação final o aconselhável e dar ao aluno o que estudar anteriormente, mas não cobrá-lo somente elo que está escrito. Se o aluno foi devidamente estimulado durante o ano letivo estará apto a desenvolver, na avaliação final, um trabalho descritivo sobre o que aprendeu durante o ano, é claro que ele estudou especificamente para filosofia nos últimos dias, mas a liberdade de escrita com perguntas abertas forçará o aluno a pensar e utilizar conhecimento filosóficos ligados ao seu dia-a-dia para responder a avaliação. Assim, o professor constrói, com o aluno uma avaliação processual, na qual o aluno pode ir além do conteúdo filosófico proposto.

Responsável - Rosemiro A. Sefstrom
     

 
 
Como referenciar: "Provão de filosofia." em Só Filosofia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2019. Consultado em 19/08/2019 às 05:17. Disponível na Internet em http://www.filosofia.com.br/vi_sala.php?id=26