Você está em Ajuda > Sala de aula

Filosofia na sala de aula

    (13/Out) Filosofia e alunos
 
Inevitavelmente, quando o professor entra em sala de aula, para cada professor, algumas concepções estão prontas para entrar em ação. Uma delas é a concepção de homem e mecessariamente a concepção de aluno que cad um tem atuam indefinidamente no trabalho pedagógico. Estes conceitos que cada um tem a respeito dos alunos não podem ser tidos como bons ou maus, certos ou errados, enfim nõ podemos ser maniqueistas a tal ponto de fazer esta cisão e dividirmos o mundo em duas partes. De qualquer forma, cada conceito, idéia, juízo a respeito do que se vi encontrar em sala de aula não é bom nem ruim, apenas é. Infelizmente eu queria poder dr um discurso pronto e reconfortante, no sentido de dizer que os alunos são desta ou daquela maneira e que para cada ação existe uma reação contrária de igual proporção, infelizmente não posso. Quando entramos em sala de aula o que encontramos são pessoas, está certo se dissermos que cada uma vive em uma sociedade e tem uma história, mas não acredito que possamos pensar nestes termos com dados coercitivos do ser aluno, Vigotzki acredito que seguiria nesta direção. Aqui a única segurança que temos é que são pessoas, dispostas de uma maneira "organizada" para "formação", pessoas amplamente diferente em cada ser. Aí deve estar a habilidade de um professor de filosofia de construir junto com cada aluno um interseção que possa fazer de cada aluno único e diferente na relação professor aluno e todas as outras relações que possam existir no ambiente escolar.

Responsável - Rosemiro A. Sefstrom
     

 
 
Como referenciar: "Filosofia e alunos" em Só Filosofia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2019. Consultado em 17/10/2019 às 08:42. Disponível na Internet em http://www.filosofia.com.br/vi_sala.php?id=20