Você está em Diversos > Filmes

Filme da semana

 

(08/Out) Perfume de Mulher
 
No filme Perfume de Mulher, tanto na versão italiana (Profumo di donna - 1974) quanto na refilmagem norte-americana (Scent of a Woman - 1992), o fio condutor é a tentativa de suicídio de um oficial militar. Diante da mudança de seu papel existencial na sociedade - antes um militar bem-sucedido, agora um inválido colocado na reserva - busca ele por fim à sua vida. Para tanto, executa o que poderíamos denominar como um ritual de passagem, uma despedida: visita lugares prazerosos, realiza passeios divertidos e busca a companhia de mulheres, escolhidas através do olfato apurado. A questão do suicídio sempre intrigou os pensadores. Na Grécia Antiga, a atitude em relação ao suicídio variava da admiração à condenação. Para alguns pensadores, o suicídio é o meio ideal para que os individuos se libertem do sofrimento e de suas dores existenciais. Em 1897, o sociólogo Émile Durkheim tratou do tema em seu livro O Suicídio (Martin Claret, 2003). Seu método baseado nas ciencias positivas, consiste em observar, comparar e explicar uma variável por outra. Deste modo, as taxas de suicídio só podem ser explicadas em função dos meios sociais, dos divórcios, das crises econômicas, etc. (Revista Filosofia, Ciência & Vida ANO II, nº 14)

Ficha Técnica
Titulo Original : Profumo di donna
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 103 minutos
Lançamento: (ITA) 1974
Direção: Dino Risi
Elenco: Vitório Gassman (Capitão Fausto Consolo)
Alessandro Momo (Giovanni Bertazzi)

Ficha Técnica
Titulo Original : Scent of a Woman
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 156 minutos
Lançamento: (EUA) 1992
Direção: Martin Brest
Elenco: Al Pacino (Tenente-Coronel Frank Slade) Chris O’Donnell (Charlie Simms)
     

 
 
Como referenciar: "Perfume de Mulher - Filme da semana" em Só Filosofia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2019. Consultado em 22/09/2019 às 19:39. Disponível na Internet em http://www.filosofia.com.br/vi_filme.php?id=40