Você está em Pratique > Dicas

Dicas de estudo

    (01/Out) Interpretar - dica 56
 
Algumas vezes é interessante observar que qualquer que seja a sua interpretação sobre um elemento filosófico, ele poderá ser revisto, refeito, reconsiderado de inúmeras maneiras. Trata-se de uma das peculiaridades da Filosofia. Ter prudência quanto ao alcance da verdade que propomos pode ser um ato de liberdade para outros que se ocuparão do tema.

Raymond Aron escreveu, neste sentido, o que segue: "Não existe uma realidade histórica, já feita antes da ciência, que conviesse simplesmente reproduzir com fidelidade. A realidade histórica, por ser humana, é equívoca e inesgotável. São equívocas a pluralidade dos universos espirituais através dos quais se desenrola a existência humana, a diversidade dos conjuntos nos quais vêm situar-se as ideias e os atos elementares. É inesgotável a significação do homem para o homem, da obra para os intérpretes, do passado para os presentes sucessivos".

     

 
 
Como referenciar: "Dicas de estudo" em Só Filosofia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2019. Consultado em 17/09/2019 às 00:08. Disponível na Internet em http://www.filosofia.com.br/vi_estudo.php?id=61