Você está em Ajuda > Dicas

Dicas para monografia

    (11/Abr)

ESTRUTURA DE UMA MONOGRAFIA FILOSÓFICA

 
ESTRUTURA DE UMA MONOGRAFIA FILOSÓFICA

O filósofo Sócrates concede em Fedro que todo discurso deve ser construído como uma criatura viva, dotada por assim dizer de seu próprio corpo; não lhe podem faltar nem pé nem cabeça; ele tem de dispor de um meio e de extremidades compostas de modo tal que sejam compatíveis uns com os outros e com a obra como um todo.

Orientando-se pela metáfora a forma mais básica de uma dissertação (TCC) é constituída por três partes: começo, meio e fim, ou seja, diga o que vai fazer, faça-o, diga o que fez.

INTRODUÇÃO - Começo: diga o que vai fazer - apresenta a proposição a ser aprovada.

DESENVOLVIMENTO - Meio: faça-o - I. apresente o argumento em favor da proposição. II. Demonstre que o argumento é válido. III. Demonstre que as premissas são verdadeiras.

CONCLUSÃO - Fim: diga o que fez - retome de modo conclusivo o que foi aprovado
 
 
Como referenciar: "Dicas para monografia" em Só Filosofia. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2019. Consultado em 22/09/2019 às 20:26. Disponível na Internet em http://www.filosofia.com.br/vi_dica.php?id=34